Geometria Computadorizada 3D e Balanceamento

O desgaste do pneu é, em grande parte, provocado pelas más condições mecânicas do veículo. Alinhamento é, como o próprio nome diz, responsável por manter o carro “na linha” – sem que “puxe” para um lado. É a regulagem da posição das rodas, ajustadas em determinados valores para garantir conforto, segurança e estabilidade ao dirigir.

O alinhamento das rodas, os freios, os eixos e até o chassi do veículo têm influência no comportamento do pneu. Qualquer mudança que ocorra nessa posição, motivada por impactos (buracos, meio-fio) e pela constante trepidação, frequentemente resulta em desalinhamento das rodas ou outras irregularidades mecânicas que provocam o desgaste excessivo ou anormal da banda de rodagem do pneu.

No serviço de alinhamento de rodas são observados e verificados os seguintes itens (ângulos):

Convergência: É o ajuste das rodas direcionadas, de modo que fiquem mais fechadas na extremidade dianteira do que na traseira.

Divergência: É a condição oposta à convergência. Neste caso, as rodas estão mais abertas na extremidade dianteira do que na traseira. Se os valores especificados para a convergência ou divergência das rodas estiverem alterados, a banda de rodagem dos pneus apresentará um desgaste irregular, que provocará um alisamento acelerado da banda de rodagem.

Caster: É o ângulo de inclinação para frente (negativo) ou para trás (positivo) do pino-mestre ou do braço de suporte do eixo na parte superior, com relação a um plano vertical. O caster é responsável pela estabilidade e direcionamento do veículo. Pouco ou nenhum caster resultará em desgaste acentuando em pontos localizados da banda de rodagem de um pneu. O caster desigual faz com que a roda puxe para um lado, provocando um desgaste irregular da banda de rodagem do pneu. O caster excessivo originará um desgaste prematuro da banda de rodagem do pneu.

Camber: É determinado pela inclinação da parte superior da roda, para dentro ou fora do veículo, em relação ao plano vertical. A cambagem pode ser positiva ou negativa. A cambagem excessiva provoca um desgaste mais acentuado no ombro do pneu. Se o camber for positivo, o desgaste será no ombro interno.

Quando fazer o alinhamento?

  • A cada troca de pneus.
  • Em condições normais, a cada 5.000 km.
  • Por ocasião do rodízio de pneus ou balanceamento das rodas.
  • Quando os pneus apresentarem:
    • Desgaste excessivo na área do ombro.
    • Desgaste da banda de rodagem do pneu em forma de “escama”.
  • Quando o veículo apresentar:
    • Volante duro.
    • Vibração do carro.
    • Trepidação das rodas dianteiras.
    • Desvios para um dos lados quando o motorista retira as mãos do volante.

Balanceamento das rodas

Balanceamento é o equilíbrio ideal do conjunto pneu e roda através de contrapesos de chumbo. A sua função é melhorar a dirigibilidade e otimizar a estabilidade do veículo.

Rodas desbalanceadas provocam:

  • Vibrações no volante do veículo.
  • Desconforto ao dirigir.
  • Perda de tração, estabilidade e dirigibilidade.
  • Dificuldade em manter o veículo na trajetória.
  • Desgaste prematuro dos rolamentos, amortecedores e terminais de direção.

Consequentemente os pneus são danificados e tem sua vida útil reduzida, provocando extremo desconforto ao dirigir.

Para que seu veículo não saia do balanço você deve ficar por dentro dos dois tipos de balanceamento existentes: o estático e o dinâmico. Podemos dizer que uma roda estaticamente balanceada quando cada ponto da circunferência da roda tiver o mesmo peso de seu ponto oposto. Também podemos dizer que uma roda está dinamicamente balanceada quando os pontos opostos de cada lado dela tiver o mesmo peso.

Quando fazer o balanceamento das rodas?

  • A cada troca de pneus.
  • Em condições normais, a cada 5.000km.
  • Por ocasião do rodízio de pneus.
  • Após ter efetuado reparo no pneu ou na câmara de ar.
  • Ao primeiro sinal de vibração no volante ou desgaste irregular da banda de rodagem dos pneus.

Atenção: o balanceamento das rodas traseiras é tão importante para o seu veículo, como o das rodas dianteiras. Portanto, não deixe de fazê-lo!

 

 

< VOLTAR
scroll up