Balanceamento de Pneus: Entenda a sua Importância

DRS Car – Serviços Automotivos

20 anos de experiência em mecânica automotiva

DRS Car – Serviços Automotivos - 20 anos de experiência em mecânica automotiva
Balanceamento de Pneus: Entenda a sua Importância

Balanceamento de pneus: entenda a importância dessa manutenção

Pneus e rodas

Motor, freios, fluidos e outros itens são frequentes fontes de cuidados por parte dos motoristas. No entanto, um erro bastante comum é acabar negligenciando os pneus, peças fundamentais para o funcionamento seguro e eficiente do automóvel.

Por exemplo, você sabe o que é o balanceamento, quando fazê-lo e sinais de que está na hora de realizar esse ajuste? Então continue lendo este post e descubra a resposta para essas e outras perguntas!

Homem fazendo balanceamento de pneus

Fonte: Lambros Gregoriou Tire Services

O que é balanceamento de pneus

Como o nome indica, trata-se de ajustar o equilíbrio de peso no conjunto pneu-roda do automóvel. Isso é feito através da aplicação de pesos de chumbo: quando uma roda está desbalanceada, é fixado um peso de chumbo na roda para que assim a distribuição do peso do veículo volte a ser uniforme.

A falta de balanceamento nas rodas pode trazer uma série de problemas ao dirigir, como:

  • desconforto;
  • perda de tração, estabilidade e dirigibilidade;
  • dificuldade em manter o automóvel em sua trajetória.

Outro reflexo negativo do desbalanceamento é a redução da vida útil de componentes do seu carro (como pneus, rolamentos, amortecedores e terminais), gerando assim gastos e colocando em risco a segurança de motorista e passageiros.

Como você percebeu, esse pequeno ajuste, quando deixado de lado, pode gerar vários problemas. Por isso, é importante identificar sinais de problemas, entender o que causa o desequilíbrio nos pneus e saber quando realizar o balanceamento.

Quando e por que fazer o balanceamento?

Os principais fatores que causam o desbalanceamento dos pneus são, além do desgaste natural, os impactos que ocorrem no dia a dia. Choques com o meio-fio e passar por buracos, por exemplo, afetam o alinhamento e fazem com que o automóvel apresente vibrações ao rodar.

E são justamente essas vibrações, que podem ser sentidas no volante e até mesmo no assoalho do veículo, os principais “sintomas” desse problema. Portanto, fique atento a esses indicadores que evidenciam o desbalanceamento.

Carro em estrada esburacada.

Com relação à periodicidade com que você precisa efetuar um balanceamento nos pneus do seu carro, isso pode variar bastante. Claro, ao sentir vibrações ao rodar, procure realizar o ajuste o mais rápido possível.

Além disso, é indicado efetuar essa correção a cada seis meses, sempre que trocar os pneus, após realizar algum reparo no pneu ou na câmara de ar e depois de rodar cinco mil quilômetros.

As diferenças entre balanceamento e geometria

Para encerrar, vale também esclarecer uma dúvida bastante comum que nós, da DRS Car, ouvimos bastante: balanceamento e geometria não são a mesma coisa? Apesar de serem um pouco parecidos e terem relação, essas são coisas diferentes!

O balanceamento tem como base uma relação entre rodas e pneu e garante que o automóvel não vibre; já o alinhamento é baseado na relação entre rodas e volante, deixando ambos ajustados e, assim, evitando que a direção fique com uma folga, “puxando” para um lado.

Agora você já sabe identificar quando é preciso efetuar o balanceamento dos pneus e, além disso, reconhecer sinais de que está na hora de executar esse ajuste. E para garantir a sua segurança e dos seus passageiros, você pode contar com a DRS Car: clique aqui e peça um orçamento!

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*


× 6 = dezoito